Como recorrer à multa por estacionar nas vagas reservadas a pessoas com deficiência, sem credencial 1

Como recorrer à multa por estacionar nas vagas reservadas a pessoas com deficiência, sem credencial

De acordo com o artigo 181, inciso XX do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), estacionar nas vagas reservadas a pessoas com deficiência, sem a respectiva credencial, é uma infração de trânsito gravíssima, que pode gerar uma multa, pontos na carteira do motorista, além da possível remoção do veículo pela autoridade de trânsito.

Acontece que, no dia a dia, nós precisamos usar nossos veículos para tantas tarefas que, por distração, imprudência ou até mesmo indevidamente, tomamos uma multa. E nesse caso, o que fazer? 

Se você tomou uma multa que acha indevida, pois podem existir vários motivos que nos levam a cometer alguma conduta considerada irregular pelo texto estrito da legislação, sem que o agente fiscalizador saiba qual foi exatamente o contexto dessa situação, nós, da Self Multas, elaboramos um sistema totalmente intuitivo e interativo de recurso de multas de trânsito. Nosso objetivo é que você mesmo, em poucas etapas, possa recorrer à uma multa recebida que acredita merecer mais atenção. Ao preencher os campos, você adquire um recurso elaborado por advogados e especialistas em multas de trânsito da nossa equipe, que trabalham para construir os melhores argumentos de acordo com a lei e o tipo de multa específico.

Basta abrir o nosso site e, em poucos minutos, você recebe o recurso em seu e-mail, tudo por causa de um simples formulário elaborado por nossa equipe. Com a nossa ajuda, você terá um conteúdo consistente para um recurso bem estruturado e com excelentes argumentos. Se você deseja recorrer à uma multa tomada, clique no link abaixo:

Estacionar nas vagas reservadas a pessoas com deficiência, sem credencial

Como recorrer à multa por estacionar nas vagas reservadas a pessoas com deficiência, sem credencial:

1º Etapa – Acesse a plataforma:

Nós disponibilizamos a ferramenta de automação de recurso neste link: https://www.selfmultas.com.br/recurso/. Outra forma que você pode seguir para chegar nessa página é clicando no menu deste site, aonde está escrito RECURSO. Clique e, a seguir, selecione o botão Fazer Recurso.

2º Etapa – Selecione a multa:

Veja as opções de multa na tela e selecione aquela que você recebeu e deseja recorrer. Lembre-se de ficar com a carta na mão, pois precisaremos dos dados descritos no papel.

3º Etapa – Selecione o motivo do seu recurso:

Nós disponibilizamos diversos motivos legais para que você possa recorrer à infração recebida de forma mais jurídica. Por que você quer recorrer à essa infração? A notificação chegou atrasada? Existe algum problema com o radar? Escolha o motivo que mais encaixa com o seu.

4º Etapa – Informe seus dados e selecione a forma de pagamento:

Lembra que nós falamos para deixar a infração que você recebeu em casa em mãos? Aqui nós vamos precisar dela. Insira seus dados e certifique-se de que seu nome, endereço, CPF, RG e demais dados pessoais estão corretos, assim como os dados da multa (auto da infração, placa do carro, órgão responsável pelo auto, e outros).

A seguir, selecione a forma de pagamento que deseja usar. Lembre-se de que o recurso só será concluído e enviado para você quando o pagamento for aceito. Após o pagamento ser efetuado com sucesso, e garantido por nosso intermediador, você receberá um e-mail com o recurso em anexo.

Impressão e envio do recurso:

Siga bem as nossas orientações na segunda página do PDF do recurso, para que você tenha mais chances de ganhar a contestação. Lembre-se que não garantimos a vitória do recurso, apenas auxiliamos na sua elaboração.

A responsabilidade do Self Multas limita-se a preparar o recurso para ser apresentada uma defesa técnica, não havendo garantia de resultado. A decisão compete exclusivamente ao órgão autuador. Também cabe exclusivamente ao cliente a veracidade das informações citadas durante o procedimento de criação do recurso.

9 respostas
  1. Adair da silva canuto says:

    Sera que todos carros que tem no centro estacionado nas vagas não são idoso..teria tambem que levar multa não só agente botando na vaga delea….temos que tomar uma providenia….

    Responder
    • Self Multas says:

      Entendemos a sua indignação. Por isso, queremos te ajudar. Devemos nos atentar para os estacionamentos com vagas regulamentadas. Ficamos à disposição.

      Responder
  2. Douglas says:

    Ola!
    Estacionei a moto em cima da zebra da vaga de idoso.
    Quando cheguei constatei que a segurança do shopping bateu foto da minha moto e falou que a enviaria pra guarda municipal.
    Isso foi hoje, eles podem multar assim?
    Existe mesmo base legal pra um agente de segurança bater foto da placa e enviar pra guarda. Sou motoboy, e gostaria de saber!!!

    Responder
  3. lucas says:

    estacionei minha moto ao lado de uma rampa de deficiente sem sinalização, fui multado e tive o veiculo rebocado, na ocorrência colocaram que estacionei na vaga de deficiente, esta certo?

    Responder
    • Self Multas says:

      Rafael, para essa infração a fiscalização é realizada pelo agente de trânsito, ou seja, neste tipo de infração não são usados equipamentos eletrônicos. Ademais, os agentes públicos têm presunção de veracidade em seus atos. Você precisa levantar maiores informações sobre a sua infração e ver se houve alguma ilegalidade. Ficamos à disposição.

      Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *