Quem nunca se estressou com isso? 1

Quem nunca se estressou com isso?

Quem nunca se estressou ao receber uma notificação de multa?

Sem ao menos imaginar o que nos espera, abrimos nossa caixa de correio e ela está lá. Ou recebemos por baixo da porta, aquele envelope que causa até um mal estar quando o vemos. 

E o que mais nos intriga, nos tira do centro, nos irrita, é saber que haverá um gasto que não irá pra lugar algum, não é mesmo?

Quem nunca se estressou com isso? 2

Para onde vai o dinheiro que o governo ganha com as multas?

Uns acreditam que a multa é uma indústria para arrancar dinheiro do cidadão de bem. Em contra partida, existem aqueles que cometem erros, arriscando a própria vida e até mesmo a vida de outras pessoas nas estradas. Esses não estão dando a mínima para as multas.

Mas se colocarmos em uma balança, você e a maioria das pessoas estão dentro da primeira categoria mencionada acima. Ou seja, você está fazendo de tudo para fazer o certo e está se sentindo lesado, como se estivesse caindo em uma armadilha o tempo todo.

E, além disso, quem já tentou sabe o quão burocrático é o sistema para tentarmos recorrer. Gastamos muito tempo em uma coisa que nem saberemos se vai dar algum resultado, pois é tanta burocracia que até nos perdemos no meio do caminho. Parece até proposital.

Você acha que o sistema é claro para todo o brasileiro? 

São os brasileiros que não se interessam por esse assunto, por se sentirem sempre lesados, ou é o assunto que não chega nos brasileiros afim de lesá-los? Muitas questões vem à tona quando se trata da tal multa e sua possível indústria.

Mas é certo que, mesmo não gostando do assunto, devemos nos informar. Com base em fontes confiáveis devemos buscar mais consistência em nossos argumentos. Pois só assim poderemos avançar como cidadãos e derrubar o que está errado.

A cultura do nosso país sempre foi de esconder as informações ou complicar o acesso à elas. Porém com o tempo e o avanço da internet, hoje temos muitas possibilidades. Temos muita informação passando diante de nossos olhos o tempo todo.

Se analisarmos bem, a coisa não está tão diferente, pois tem mais gente empenhada em confundir do que em ajudar. Portanto, temos que tomar cuidado com tudo que vemos. O mais importante é buscar quais são as fontes confiáveis, para termos a verdadeira informação. Apenas dessa forma é possível buscarmos o que realmente é eficaz e real. Pense nisso!

Um grande abraço e, qualquer dúvida, clique aqui para entrar em contato e tirar suas dúvidas. Se você recebeu uma multa e deseja recorrer, clique aqui para emitir um recurso usando a nossa nova plataforma automatizada!