Não concordo com uma multa de trânsito. O que devo fazer?

Não concordo com uma multa de trânsito. O que devo fazer?

Você já se perguntou se vale mesmo a pena recorrer de uma multa de trânsito? Afinal de contas, a maioria das pessoas acha que recorrer nunca vai dar em nada. Se você se identifica com essa linha de pensamento, este artigo pode te ajudar a analisar a questão sob novos pontos de vista.

  • O controle dos pontos

É impossível você ser um eficiente “Controlador de pontos” se você continuar sendo esse “Engavetador de Multas” que você é! Você sabia que as infrações de trânsito mais comuns são: gravíssimas (7 pontos) e graves (5 pontos)? Estas são as campeãs do ranking de multas emitidas no Brasil. Chega de se lamentar porque você estourou os pontos! Se você não concordou com determinada multa, opte por pedir uma revisão. Somente assim você será um verdadeiro Controlador de Pontos.

  • O conhecimento dos trâmites

Você precisa saber que qualquer punição de trânsito no Brasil só pode ser aplicada após a conclusão de um procedimento. Esse procedimento deve seguir um trâmite no qual ambas as partes possuem os mesmos direitos. Se você não concorda com a multa, recorra e leve a questão aos julgadores que estarão atentos aos trâmites.

  • Os erros das multas

A nossa cultura é que a Administração Pública nunca erra. Entretanto, muitas multas são expedidas fora do prazo ou emitidas em desacordo com os padrões legais. Você deve começar a enxergar os erros das multas! Precisamos de ousadia para mudar essa cultura o quanto antes. A única maneira de fazer isso é contestando a multa de trânsito na qual você tenha encontrado algum erro.

  • O ganho de tempo

Contestar uma multa de trânsito significa ganhar tempo. Existem prazos que devem ser seguidos pelo motorista e prazos que devem ser seguidos pelo órgão de trânsito. Por exemplo: O motorista não pode recorrer fora do prazo, tal qual, o órgão de trânsito não pode responder esse recurso fora do prazo. Por isso, uma boa estratégia para você vencer o seu adversário é através do exercício do seu legítimo direito de recorrer dentro do prazo.

  • Fake News

Muitas pessoas não recorrem porque acham que precisam pagar uma taxa pública. Essas mesmas pessoas temem que se os seus recursos não forem aceitos pelas autoridades a situação poderá ficar ainda pior. Preste bem atenção: Recorrer é um direito totalmente gratuito e não haverá nenhuma punição mais severa por você ter perdido o recurso.

São esses cinco motivos:

  1. O controle dos pontos;
  2. O conhecimento dos trâmites;
  3. Os erros das multas;
  4. O Ganho de tempo;
  5. Fake News;

Nós, da Self Multas, oferecemos esses conselhos como bons parâmetros para você decidir se no seu caso vale a pena mesmo recorrer de uma multa de trânsito. Se ainda tiver alguma dúvida entre em contato conosco. Caso você queira recorrer, nossa plataforma te ajudará com Linhas de Defesa, criadas por advogados, dentro de cada multa disponível. 

2 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *